Quarta-feira, 25 de Junho de 2008

Chamem a policia

Depois dos roubas a caixas Multibanco, roubos de fio de telefone para extrair cobre, carteiristas, Carjacking, e todos os crimes que possam imaginar, surge agora um novo tipo de crime.

 

Garanto aos leitores que por mais ridícula que esta história seja, é 100% verdade.

 

Apenas há uma semana, fui vítima de um dos roubos mais estúpidos que alguma vez vi, ou ouvi falar. E garanto que se não se tivesse passado comigo eu próprio não tinha acreditado.

 

Este roubo espelha claramente a situação de crise vivida no país. Ao ponto a que chegámos infelizmente.

 

Mas a verdade é que me roubaram uma das ementas do restaurante, e mais uma vez digo que não estou a brincar, estou a falar muito a sério.

 

Não consigo perceber este roubo por mais que me esforce. Ou se trata de uma espécie de espionagem industrial, ou então, o ladrão ou ladrões em causa, como já não têm dinheiro para comer, levaram a ementa para poderem olhar para ela e imaginar a comida, numa desesperada tentativa de casearem a sua fome.

 

Ainda não percebi se devo ou não chamar a polícia. Mas estou tentado a chamar o gajo do CSI LAS VEGAS para investigar o crime, porque como diz o Vale e Azevedo “eu já não confio na justiça portuguesa”. Mas que fique claro que eu não acredito no Vale e Azevedo, nem sou a favor dele, mas que lá nisso ele tem razão ninguém pode negar.

 

publicado por Jorge Miguel às 23:52
link | comentar | ver comentários (6) | favorito

Espelho meu, espelho meu

Eu não sou daqueles que pensa que é bonito. Eu sei que sou bonito. Ou então se calhar não. Mas sempre ouvi dizer que a beleza esta nos olhos de quem a vê, por isso, para mim, a beleza é relativa. O que é bonito para uns é feio para outros.

 

Mas apesar de tudo, de vez em quando, lá tenho que me ver ao espelho para me pentear. E foi num desses momentos que cheguei a uma triste conclusão.

 

Apesar de ter apenas 22 anos, de ainda não me poder considerar um homem feito, já me começa a falhar o cabelo. Explico então o motivo.

 

No início da nossa formação física todos somos “mulheres” (perguntam vocês o que é que isso tem a ver com o assunto, mas mais a frente já vão perceber), depois a alguns de nós o sexo muda devido às hormonas, e a outros o sexo mantém-se. Uma dessas hormonas é a testoesterona.

 

A testoesterona também esta presente nas mulher, mas apresenta-se em maior quantidade nos homens. A mesma testoesterona é responsável pela queda de cabelo quando em excesso no organismo.

 

Logo quando estiverem a gozar comigo, lembrem-se que se o cabelo me cai a culpa é da testoesterona, e se ela é responsável pelo facto de sermos homens, então é sinal que eu sou muito, mas muito homem.

 
E esta, heim??

publicado por Jorge Miguel às 23:18
link | comentar | ver comentários (5) | favorito
Quarta-feira, 18 de Junho de 2008

"Movido a Vontade de Vender"

Não são muitos os temos que marcam a actualidade nacional, mas são de alguma forma importantes e despertam a curiosidade de todos, e a atenção de cada vez mais pessoas.

 

Não passa ao lado de ninguém o Euro 2008. Portugal lá passou, e de certa forma na impressa parece que esse feito foi mais importante do que as crises que se passam por cá.

 

Felizmente os camionistas lá acabaram com o protesto que tantos transtornos causou aos portugueses, apesar de estarem solidários com os camionistas, e tantas dor de cabeça e insónias causou aos nossos governantes.

 

Citando o nosso primeiro-ministro «o protesto serviu para mostrar as fragilidades do nosso país em alguns sectores». Isto não me surpreende, porque praticamente toda agente sabe que o país está extremamente fragilizado, mas pelos vistos alguns só o ficaram a saber agora.

 

Faltou a gasolina, a comida, a agua, etc.… e o país quase entrou em estado de sítio. Isto tudo, porque na realidade o único meio de transporte de mercadorias, é na realidade, por camiões.

 

Na maioria dos países, o transporte de mercadorias e bens, faz-se também, por exemplo, nos comboios. E numa altura em que no país se apela aos portugueses que usem mais os transportes públicos, e que se anuncia a tão esperada chegada do TGV, vão-se encerrando linhas-férreas. Linhas essas, que numa outra época, eram um sinal claro do desenvolvimento do país.

 

Se não existe espaço para os comboios circularem, logicamente que eles não podem circular. E assim sendo, a única forma de transportar mercadorias, de forma rápida, e segura, é mesmo por camião.

 

Apela-se as pessoas para usarem os transportes públicos como o metro, o comboio, e até mesmo o autocarro. Mas existem problemas…

- o metro apenas existe em algumas cidades, logo não pode ser usado por todos os portugueses

- os comboios circulam cada vez menos e estão completamente velhos, sujos e partidos

-os autocarros não asseguram o transporte de forma regular, sendo que só se deslocam a algumas zonas do país 1 dia ou 2 por semana, e estão de igual forma velhos e em muitos casos não conseguem garantir segurança a quem neles circula.

 

O Governo quer instalar 310 mil computadores e 9 mil quadros interactivos nas escolas, em 2 anos, ao abrigo do plano tecnológico. Até é boa ideia, mas e que tal garantir a qualidade de ensino e a segurança nas escolas? O facto de um aluno ter a sua disposição este tipo de tecnologia não o torna mais esperto, tal como não aumente a capacidade do professor para ensinar.

 

Devido ao preço dos combustíveis o autocarro da selecção já é movido a vontade de vencer, em vez de ser a diesel, ou então é empurrado pelos portugueses.

Eu pessoalmente estou a ponderar comprar um burro e uma carroça, porque até ver a palha é mais barata do que a gasolina, pelo menos ate decidirem considerar a palha um bio-combustivel, e começarem para ai a multar o pessoal como aconteceu ali para os lados do Algarve.

 

A saúde continua doente e a não ser para todos, os impostos continuam altíssimos, a justiça continua injusta…mas a selecção passou aos quartos de final do Euro 2008…valha-nos isso.

 

Se calhar era melhor usarmos o nosso patriotismo para coisas melhor do que o futebol.

 

Viva PORTUGAL!!!

publicado por Jorge Miguel às 00:48
link | comentar | ver comentários (3) | favorito

Policias á portuguesa

Um destes dias, passei por uma situação digna de aparecer no espaço "Nós por cá" da SIC.

 

Estava eu no fim do meu dia de trabalho, já a preparar-me para mudar de roupa e voltar para casa, quando, subitamente, uma das minhas colegas que tinha acabado de sair, volta a entrar e com a maior calma do mundo diz: «Roubaram-me o carro!».

 

A minha primeira reacção, tendo em conta a pessoa em causa, foi dizer: «Eh pá, se calhar deixou o carro noutro sítio e não se lembra.».

 

Saímos todos a rua para procurar o carro, um Fiat Uno - daqueles que parece um caixão com rodas -, e nada dele.

 

Então resolvi ligar para a polícia porque a mulherzinha já não estava em estado de falar, uma vez que a calma subitamente deu lugar a uma enorme “pilha de nervos”, como se diz na gíria.

 

E é aqui que a história fica engraçada.

 

Ligo para o posto da GNR da zona, informo que o carro da senhora tinha sido roubado, e o agente coloca-me uma pergunta digna de aparecer no “Quem quer ser milionário”: «Então, mas levaram o carro todo?».

 

Como é lógico, deu-me vontade de responder ao agente alguma coisa do género: «Não, assim iam muito pesados. Deixaram aqui as rodas para irem mais leves.». Ou então: «Quer dizer, eram para levar só metade, mas como o carro estava em saldo com 50% de desconto, lá acabaram por levar tudo. Mas ainda tivemos que insistir!».

 

Já numa outra situação, quando assaltaram a carrinha do meu pai para roubar a carteira, eu liguei para a GNR e o agente diz-me carinhosamente: «Olhe, então traga aqui a carrinha para nós vermos isso.». Eu respondo: «Então, mas assim não podem analisar o carro, porque os vestígios e as impressões digitais que depois lá ficam serão as minhas.». Então, o agente responde de forma inteligente: «Arranje aí umas luvas para poder trazer a carrinha assim.».

 

Parece que já na altura a GNR andava a sentir a crise dos combustíveis.

 

Com polícias destes mais vale ser ladrão.

publicado por Jorge Miguel às 00:14
link | comentar | ver comentários (3) | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Junho 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
19
20
21
22
23
24
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Chamem a policia

. Espelho meu, espelho meu

. "Movido a Vontade de Vend...

. Policias á portuguesa

. Sexo, drogas e rock & rol...

. Get Up and Play

. Valentine's Day

. Ultima Hora......

. Repensar o natal

. Macacos me mordam

.arquivos

. Junho 2008

. Abril 2008

. Fevereiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds